Please enable JavaScript
Serviços de Email Marketing pela Benchmark

9 sinais de problemas na suspensão

15/05/2019

Os problemas na suspensão comprometem o desempenho do veículo, reduzem sua vida útil e fazem com que o condutor e os passageiros sintam os impactos dos buracos de ruas. Além disso, o carro fica com a aderência prejudicada e, consequentemente, mais exposto a acidentes no trânsito.

Mas você sabe como identificar quando há algo de errado com o sistema de suspensão do carro? Como saber se o amortecedor está ruim? Continue a leitura deste post e confira alguns sinais que denunciam que é hora de realizar a manutenção, evitando dores de cabeça!
1. Barulhos fortes
2. Instabilidade na direção
3. Pneus com desgaste acentuado
4. Falta de estabilidade
5. Vazamento
6. Rodas sem contato adequado
7. Molas danificadas
8. Rachaduras no monobloco
9. Verificação dos componentes
É importante que seu mecânico realize uma inspeção nos componentes da suspensão que apresentam sinais de problemas:

bieletas com coifas deterioradas ou tortas comprometem a estabilidade do veículo;
bandejas com buchas de borracha deterioradas, folgas nas fixações ou tortas, geram ruídos e desgaste irregular dos pneus;
molas desgastadas com marcas ou quebras nos elos comprometem o comportamento do veículo;
bucha de suspensão trincada ou com a bucha metálica solta gera ruídos e desgaste irregular do pneu;
coxim do amortecedor quebrado transmite ruídos e vibrações para a carroceria. Sua função é de amortecer o impacto causado pelo componente na carroceria do veículo;
se o Pivô quebrar, pode desmontar a suspensão. É essencial a cada 10.000km verificar o estado da coifa e se não está com folga excessiva;
em caso do batente estar quebrado, ele gera ruídos e acelera o desgaste da mola e amortecedor. Sua função é impedir que o amortecedor sofra batidas bruscas quando chega ao final do curso.
Todos os componentes também devem ser verificados a cada revisão de 10.000 km.

Fonte: https://blog.nakata.com.br/9-sinais-de-problemas-na-suspensao/