Please enable JavaScript
Serviços de Email Marketing pela Benchmark

VW Sedan no Brasil - Parte II

11/11/2020

Anos 70

O início dos anos 70 registra as melhores vendas do Fusca e o começo da exportação do modelo. Só em 1973 foram vendidos mais de 224 mil unidades, 40% das vendas totais de automóveis no país. 1970 é o ano do Sedan 1500, mais conhecido como Fuscão, era mais luxuoso e vinha com cinto de segurança. Quatro anos depois, chegava o “Super-Fuscão” (Bizorrão), com motor mais potente de 1.600 cilindradas. Pouca gente diria que ao longo de sua trajetória, o Fusca passou por 2.500 modificações, umas mais visíveis, outras nem tanto. Mas nenhuma foi tão marcante quanto a das lanternas traseiras maiores, introduzidas em 1979. Imediatamente ganharam o apelido de “Fafá”, como referência à cantora Fafá de Belém. Na década de 70 a Volkswagen chega à marca de um milhão de Fuscas produzidos no país.

1970 - Nasce o sedã 1500, apelidado de “Fuscão”, com motor de 52 cv SAE, bitola traseira 62 mm mais larga que a do 1300, barra compensadora no eixo traseiro, capô do motor com aberturas para ventilação e novas lanternas traseiras incorporando luz de ré. Seu acabamento era mais luxuoso e já vinha com cintos de segurança. O Fusca 1300 desse ano, tal como o Fuscão, ganhou pára-choques de lâmina única mais fortes e resistentes, capô do motor e do porta-malas redesenhados.

1973 - Os dois modelos 1300 e 1500 passam a ser equipados com novo dispositivo distribuidor de avanço vácuo-centrífugo e com carburadores recalibrados, para otimizar o consumo de combustível. Novos faróis mudaram o desenho dos pára-lamas.

1974 - Mudanças fundamentais nos dois sedãs 1300 e 1500 e lançamento do VW 1600-S, o Super Fuscão, com motor de dupla carburação que desenvolvia 65 cv SAE, tinha volante de direção esportiva de três raios, e painel com marcador de temperatura, relógio e amperímetro. Em 1975 era o ano do Fusca 1500.

No próximo artigo o fusca nos anos 80 e seu termino na década de 90.

Fonte: http://www.fuscaclube.com.br/vw-sedan-no-brasil/
Foto: Arquivo Becar Auto Peças - 1º Encontro Vintage Legal promovido pelo Becar e VintageVolks Camaquã

1975 - Mais segurança ainda: chassi e trilhos dos assentos reforçados. A linha foi ampliada com os modelos 1300L e 1600 (tida como versão normal do Super Fuscão).

1976 - Outra vez a segurança: espelho retrovisor externo maior e em nova posição, limpadores de pára-brisa maiores e com nova fixação.

1977 - Um ano de muitos aperfeiçoamentos: coluna de direção retrátil que protege o motorista em caso de choque frontal, duplo circuito de freios independentes, com luz de advertência no painel para evitar qualquer anormalidade no sistema de iluminação regulável;comando do limpador do pára-brisa na coluna de direção, espelho retrovisor interno destacável em caso de choque e reforços estruturais na carroceria e chassis.

1978 - Mudança do bocal do tanque para a lateral direita do carro, interruptor do pisca-alerta transferido para a coluna de direção e chave única para portas, capô do motor e ignição.

1979 - Volante de direção em polipropileno texturizado, novo espelho retrovisor externo de formato retangular. Lanternas tipo “Fafá” e pára-lamas traseiros re-estilizados nos Fuscas 1300 L e 1600.